Image Map

Imagine Harry Styles | Loving Virtually

em 6 de setembro de 2015 |

Autoras: Nick Oliveira e Mari Barros



TIM DOM

- Já vai! – Gritei e fui atender a porta. Hoje, é dia 12 de maio, á exatos trinta e dois dias para o dia dos namorados. 
    Pra mim essa é uma das melhores datas comemorativas, depois do natal, Claro! Apesar de eu não ter namorado, eu acho essa data incrível. Infelizmente ainda não tive a oportunidade de passar essa data com nenhum... Nenhum... Amor? Garoto? Ao meu lado.

-Bom dia senhorita! – Era o carteiro

- Bom dia sr. Julian!

-Aqui estão suas cartas.

- Muito obrigado, e tenha uma boa noite!

-Igualmente

    Após fechar a porta, passei as cartas por entre minhas mãos ás mesmas contas luz, água, telefone, TV á cabo, gás, Carta de uma pessoa anô... Opa! Pra quem será essa?



    Èr... Eu exatamente não sei com dizer oi pra uma pessoa que eu nem se quer conheço.
Então, só estou te mandando essa carta, com um endereço encontrado aleatoriamente na lista telefônica. E o por quê de eu estar escrevendo essa carta pra você? Puro tédio! Você pode ser um homem e estar me achando um babaca que está gastando o seu tempo, e se for, provavelmente está balançando a cabeça de forma positiva. Mas você pode ser uma mulher e estar curiosa sobre mim, ou não. Ou essa carta nem chegou á lugar nenhum só ficará mofando nos correios até alguém resolver entregar por pena.
Então é isso...


Assinado: Uma pessoa qualquer.



Bom quem será esse homem, por que pelo jeito que ele narra parece, perece ser um homem, Certo? Bom como ele mesmo falou essa carta foi por puro tédio, então, deixa prá lá!

Depois de dar uma organizada em casa, eu tomei um banho e coloquei um pijama de frio para enfim, preparar meu simples jantar, acho que essa é a vantagem de ser sozinha. Fiz um arroz de forno com alguns legumes e frango e fui comer.
Eu comia conversando com algumas amigas por mensagem e tentava prestar atenção em Sobrenatural, uma das minhas séries preferidas. Após isso, lavei a pequena quantidade de louça e fui ao meu quarto. Liguei a TV dali e me enrolei no edredom azul.
No meu criado mudo, estava minha carta que recebi e li mais cedo. Eu não queria me importar, mas algo me chamava e me atraía. Como destinatário havia só um email, dei de ombros e peguei o notebook. Criei uma conta que não teria grandes utilidades e enfim comecei a escrever.

De: (s/iniciais) <umaanonimaquerecebeuumacarta@netnet.com>
Para: Harry <harold.styless@mail.com>
Enviada: 13 de maio, 21:54
Assunto: Re:(sem assunto)
Harry <harold.styless@mail.com>

Caro anônimo,
Através desse e-mail, digo-lhe que sua carta foi recebida por mim, a... Bom, meio cedo para utilizar nomes, não? Algo me dizia que eu realmente deveria lhe dar uma resposta!
Tenha uma ótima noite,
Uma pessoa qualquer.


Tranquila, peguei no sono enquanto assistia televisão.

Acordei no outro dia com um aperto no peito, mais o por quê daquele aperto eu não sabia, seria medo? Pode ser, não tenho tanta certeza, desci para comer alguma coisa, peguei os mini pãezinhos, que eu tanto amo passei manteiga e comi. Enquanto mexia no me celular, até que ( PLIM ) um novo e-mail chegou, eu quase ignorei pois sempre era notificações de redes sociais, mas decidi conferir, por que depois daquele e-mail que eu escrevi poderia ser um resposta dele. Mas não era e sim um e-mail do facebook me informando que Emica, minha amiga, tinha atualizado a foto do perfil.
Dois dias depois já tinha perdido minhas esperança ele realmente não responderia, talvez aquela carta teria sido só para tirar com a minha cara, ou algo do tipo, peguei meu notebook e entrei no e-mail que já estava aberto com  uma resposta na minha caixa de mensagem, só então eu me dei conta de que eu tinha feito outro e-mail para me comunicar com o anônimo – Se é que posso chama-lo assim – e o que estava logado na conta do meu celular era o meu original. Então abri o e-mail com um sorriso no canto de meus lábios.



De: Harry <harold.styless@mail.com>
Para: (s/iniciais) <umaanonimaquerecebeuumacarta@netnet.com>
Enviada: 13 de maio, 21:54
Assunto: Re:(sem assunto)

Juro que fiquei surpreso com seu retorno, caro... Não sei o seu nome, ainda, pode apostar que descobrirei. Bom o meu você aparentemente já sabe pelo user do e-mail, então eu acho meio injusto isso, mas tudo bem. Me dê pistas, você é homem ou mulher? Quantos anos? Bom...onde você mora eu já sei! Adorei o user do seu e-mail, bem criativo!

Aguardo ansiosamente sua resposta
Não me decepcione.
Tenha ótimos sonhos. J
H.S.



   Imediatamente respondi, com uma empolgação inexplicável, estava – Literalmente – Vomitando arco íris.



De: (s/i) <umaanonimaquerecebeuumacarta@netnet.com>

Para: Harry <harold.styless@mail.com>

Enviada: 14 de maio, 13:42

Assunto: Re:Re:(sem assunto)


    Quanto á meu nome, você descobrirá sim, um dia. Não acho injusto que eu saiba o seu e-mail, pois você mesmo que o disponibilizou para mim. K Okay, posso dizer se sou homem ou mulher pois bem, Sou hermafrodita. Mentira! Só quis tirar com a sua cara, queria ter visto sua expressão agora! Não achou minha piada engraçada? Tudo bem L. Sou mulher, como diria minha mãe uma menina, mas isso não em ao caso.

Pode ter certeza que tive bons sonhos.

Não o decepcionarei.

(suas inicias)


Uma notificação, de repente, apareceu no meu monitor “Harry Styles está online, chame-o para um hangout!” Mas a única coisa que fiz foi enviar o e-mail, e mais uma vez aquele aperto me veio de novo.


Olá, acabei de receber seu e-mail!


Eu não tive á coragem de lhe chamar para um hangout, mas ele teve.



Er.. olá Harry.


Olá querida “anônima” como vai?

Vou bem e você?

Estou ótimo!

Uhum...

Como foi que você recebeu minha carta?

Pelo correio?

Dããã! Kkkk que estúpido!. Mas você não me respondeu
uma coisa.

Kkkk. Que coisa?

Quantos anos você tem?


Não posso falar


Mas por quê não?

Por que você pode ser um
estuprador!

Kkk ,posso lhe garantir que não sou!


Não sei se posso confiar em você K


Tudo bem, tá legal! Mas agora
Tenho que ir.


Harry está off-line!



    
Assim que saí do notebook, fui trabalhar no café com um sorriso no rosto. O por quê? Eu não sei!
Cheguei em casa após passar no banco para pagar as contas recebidas no dia anterior. A sala estava um pouco bagunçada com cobertores e embalagens de comida espalhados, respirei fundo antes de começar a pegar as coisas. Mas algo me paralisou. Deixei o notebook ligado antes de sair e lá estavam cinco mensagens dele no Hangouts.
Oi? (12:45)




(Suas iniciais) você está aí? (12:55)



Acho que não. (13:00)



Ei, no que você trabalha? (13:01)



Eu trabalho numa livraria no período da manhã. Mas agora vou ter deixar trabalhar. (13:02)



Ri da maneira que ela queria interagir comigo, achava garotos assim extremamente legais e engraçados. Mas deixaria para responder depois, ainda precisava arrumar minha casa.




Oi, Harry desculpa é que eu
 deixei meu computador ligado, rsrs.
Nem sei como não descarregou L
 Então eu trabalho no Starbucks.


Harry está online!




Pois é eu tenho que trabalhar,
sabe como é né? Minha mãe não
sustenta mais minhas saídas!


Hum...


Então de que tipo de música você
Gosta?


Bom eu gosto de várias, em especial Rock
alternativo Gosto de bandas tipo Arctic Monkeys
Oasis, Aerosmith, Red Hot... E umas
Meio desconhecidas, tipo KODALINE.


Tá brincando?!!


O que??


Eu adoro essas bandas!


Qual a sua música favorita?



    E assim nesse mesmo pique conversamos noites e noites por pouco menos de 2 semanas, Hazza – Que me deu a liberdade de chama-lo assim – E eu descobrimos que temos várias coisas em comum, não só temos o gosto musical parecido mais sim, o gosto pela fotografia. E assim depois de um logo dia de trabalho – Tanto meu quanto dele – passamos Noites em claro conversando, pela internet.
   Até então ele não voltara a perguntar meu nome nem nada derivado a isso, o que até então me aliviava e me intrigava ao mesmo tempo. Era numa terça feira – Da semana do dia dos namorados – ele voltou a insistir.






Mas (S/i), estou intrigado com
Uma coisa...


O quê?


Eu quero saber o seu nome
Por favor... K L


È que... Sei lá!


Você não confia em mim? Por
Que se você não confiar, tudo
Bem eu saio da sua vida, por
Que eu não quero do meu lado
Uma pessoa que não confia em mim.


Mas eu confio em VOCÊ
VOCÊ é a pessoa que eu mais
Confio no momento.


Não parece...


Você tá duvidando de mim?!
Quer saber eu falo o
 meu nome pra você, é
(SEU NOME)!
Satisfeito agora?


(suas iniciais) Está off-line!



    
    Eu odeio quando as pessoas me pressionam, quando duvidam de mim! Eu confio nele, em todos esses dias que nós viemos conversando. Mas ele não precisava me acusar desse jeito. Eu sei, eu posso ter explodido mas com razão, pelo menos pra mim.
    Desliguei o computador e fui dormir.

    Dias se passaram. Harry não mandava mensagens e eu não me importava. Em pouco tempo, o garoto havia se tornado especial para mim, eu confiei nele segredos mesmo que não o conhecesse. 11 de junho, eu estava em casa, jogada no sofá com três barras de chocolate diferentes assistindo Simplesmente Acontece pela vigésima vez.
    Estava na parte em que o Alex descobre que a Rosie vai se casar com o Greg, de repente minha campainha toca me deixando surpresa, Julian não avisou que alguém subiria como sempre faz. Coloquei o filme em pausa e levantei do sofá, indo abrir a porta após prender o cabelo em um coque.
    Abri a porta e não encontrei ninguém, “com certeza devem ter sido alguns daqueles garotinhos” falo pra mim mesma. Dou mais uma olhada e quando vou fechar a porte passo rapidamente a minha visão pelo chão e vejo uma caixa com um laço amarelo em cima.
    Ao abri-la havia um Cd, de capa azul com uma margarida e um livro dentro da caixa. E em cima do cd  tinha um post-it amarelo escrito “ leia ouvindo o cd”. Parecia um cd que fora gravado, e não simplesmente comprado em alguma loja.

Leia ouvindo :  Playlist no youtube.


Conheci uma garota, por acaso do destino, talvez. Para muitos que não acreditam em destino foi pura sorte ou por algum outro motivo que eu não conseguiria explicar. Por noites e noites, que eu teria que estar planejando coisas da minha vida ou dormindo pra não ter insônia no dia seguinte,mas eu preferi ficar conversando com ela, coisas muitas vezes sem nenhuma importância. A garota que eu, de nada sabia, estava cortando meu coração em pedaços aos poucos e roubando pra si e quando eu percebi ela já o tinha roubado inteiro. Mas já era tarde de mais, eu tinha a feito duvidar do sentimento que eu mais tinha por ela, confiança.
Garota, mal você sabe mas você virou parte da minha rotina. Minhas noites são a mais pura relva sem as suas palavras.
                         Harry              




    Olhei mais uma vez para a capa do cd, com algumas lágrimas nos olhos, peguei a margarida  levei as minhas narinas e inspirei o seu cheiro, que não poderia ser melhor. Olhei mais uma vez para a carta e para o cd e levantei-me. Sabia o que tinha que fazer.
...

– Boa tarde senhorita, pra onde deseja ir?  - Perguntou o taxista.

– Para o shopping, por favor.
Não sabia em que livra ria ele trabalhava, não sabia como ele era, não sabia nada dele mas, só sabia que ele morava aqui, eu pretendia encontrá-lo de qualquer jeito.

– Bom dia, o que deseja – Perguntou a mulher do caixa da primeira livraria

– Procuro por algum funcionário chamado Harry Styles.

– Oh me desculpe, mas nenhum funcionário se chama assim aqui.

E assim pelas próximas 6 livrarias diferentes de shoppings diferentes.

– Para onde vai menina – perguntou a taxista.

– Para minha casa, rua Times Summer, por favor.

Criei tantas esperanças, que de nada adiantaram o final. Encostei minha cabeça na janela de vidro suspirei e fechei meus olhos.

– Sem querer ser intrometida, mas por que a menina está tão triste? – ela perguntou de novo

– É que, eu queria encontrar uma pessoa mas não achei em nenhum lugar.

– Onde você procurou?

– Em todas as 6 livraria de todos os shoppings.

– Por que em livrarias?

– Porque ele... trabalha em uma,  só não sei em qual.

...

– Chegamos menina. – Olho pela já nela e não vejo a fachada do meu prédio, nem a padaria do outro lado da rua.

– Mas aqui não é onde eu-

– A única livraria da cidade que não é no shopping. – Não pude deixar de sorrir.– Quer que eu te espere?

– Não sei – Falei espreitando pra dentro da livraria, bem menor que as dos shoppings.

– A gente faz assim, se der tudo certo, você faz da um joinha pra mim lá dentro se não eu fico esperando 
até você voltar. – Fui saindo do carro, até que me lembrei do pagamento.


– Ai meu Deus! Quanto é?

­– Claro que não, eu faço questão!

– Pare de ser teimosa e vá!

– Não é nada garotinha, pode ir.

– Muito obrigada, por tudo.

– De nada, e vai logo! – Dei uma gargalhada e saí do táxi em direção á livraria.

TLIM TLIM! O sininho tocou.

Olhei em volta e nada até que...

– Desculpe, mas já estamos. – Uma lindo garoto saiu do meio das prateleiras. Olhei o seu chachá espremi um pouco os olhos para enxergar o que estava escrito “Harry” De inicio eu sorri mas ao me aproximar mais um pouco reli  o crachá “Harry Edward” Meu sorriso se desmanchou no mesmo instante em que eu li aquele nome. “não é ele” “não é ele” ficou ecoando na minha cabeça até que ele me chama atenção. – Olá?

– Ah, e-er... me desculpe eu não tinha visto – e saí correndo de lá atordoada, mas quando saí não havia nenhum táxi, provavelmente ela foi embora pois pensou que ele realmente estaria aqui, fiquei andando de um lado pro outro tentando ver se vinha outro. Até que ouço meu nome ser chamado.

– (Seu nome) ? – Me virei em direção onde estava sendo chamada, e avistei o garoto da livraria com um papel dobrado três vezes na mão com um sorriso que quase se equiparava ao gato de Alice no país das maravilhas. – é você? A garota da carta?

– Harry... Styles?

– Sim sou eu!


{...}


Merda! Ela não pode acordar! – Sussurrou após deixar alguma coisa cair no chão. Fingi que estava dormindo, por que pelo que eu ouvi eu “não posso acordar” fechei novamente os olhos, e logo senti o colchão afundar e alguém deitando á minha frente e começando a fazer carinhos no meu cabelo e na minha face.

– Baby acorde, feliz dia dos namorados e feliz um ano de namoro – Senti um pequeno beijo ser depositado no canto da minha boca e abri  meus olhos, “acordando”.

–Bom dia! –Falei sorrindo esfregando os olhos e me sentando na cama e observando o quarto com muitos buquês de margaridas por todos os lados e uma pequena mesa farta, com tudo que se queira num café da manhã.

– Bom dia princesa!

– Oh Meu Deus, Harry! Muito, muito, muito obrigada! Você é o melhor namorado do mundo inteiro! Eu te amo!

– Eu também te amo! – Ele me deu um beijo

Agora posso dizer que estou passando um dia dos namorados com um amor.
    E assim passamos á tarde entre beijos e carícias, e lembrando-se de como nós começamos nos amando virtualmente.


Nick: Hey, mandioquinhas, tudo bem? Eu peço desculpa pela demora. Em primeiro lugar agradeço a Mari, por ter esperado ( fora que ela fez a maior parte, então créditos a maravilhosa escrita dela). Espero que tenham gostado, nosso plano era postar no dia dos namorados, mas bem, eu assumo que enrolei bastante. Novamente, espero que tenham gostado! Beijos, Nick!
Mari: Oi, oi minhas goxxxxxxxxxtosasss! Tudo bom com vocês? Eu adorei escrever com a Nick, a escrita dela é simplesmente incrível! e de tudo o que ela escreveu eu amei! Obrigada Nick! Então mil desculpas pela demora de quase dois meses de atraso, mas nós fizemos muito em cima da hora, então espero que nos desculpem! I hope you liked! Love you! XOXO Mari!

6 comentários:

  1. Sobrenaturaaaaaaal,amo sobrenatural,maravilhoso esse mini imagine amei e com Supernatural sendo citado então..... ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥só sinto amor e mais nada

    -L.T

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkk pois é, a Nick Ahazzou quando citou supernatural!

      Muito obrigada por comentar flor! Você não sabe o quanto isso nos faz feliz!

      XOXO Mari!

      Excluir
  2. Caraca, vocês me fizeram chorar.
    Achei que ele não trabalhava em uma livraria e estava mentindo pra ela.
    Ficou incrível, amei o jeito que vocês duas escrevem.
    Mariana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe por isso amor <3 kkkk. Minha Chará! Que bom que gostou <3 Pois é enganei você! kkkkk

      XOXO Mari!

      Excluir
  3. Awwwnn.Tii Fofuuh♥♥.Leitora Nova.Amei Seu Blog.Posta Mais,Por Favor.
    ~Mrs Malik

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que leu e adorou, estamos aqui pra isso! Seja bem-vinda !!! E nós vamos postar sim amor! <3


      Muito obrigada pelo carinho <3


      XOXO Mari

      Excluir

Hey! Obrigada por comentar! ♥
— Por favor, se comentar em anônimo deixe seu nome, apelido ou o que preferir no final do comentário como assinatura.
— Não use xingamentos e não desrespeite qualquer membro deste blog, desde leitores á autores.
— Comentários maldosos serão apagados.
— Críticas construtivas são bem aceitas.
— Cada um tem sua opinião, então respeite.
— Não esqueça que seu comentário nos anima a postar cada vez mais.