Image Map

Imagine Zayn Malik | Love Never Felt So Good

em 11 de novembro de 2014 |

Daniella Menezes

Love Never Felt So Good 


Ele me jogou na parede e me prendeu pelos pulsos, em seguida começou a distribuir beijos pelo meu pescoço, logo em seguida começou a me morder fortemente.
- Eu não acredito nisso! -sussurrei em seu ouvido-
- Nem eu! -ele disse rindo e voltou a me beijar- Eu quero me entregar para você Zayn.
Voltamos á nos beijar, coloquei uma das mãos em sua cintura e apertei levemente, ela levou as mãos até a minha nuca. Coloquei a mão por dentro de sua blusa e comecei subir a mesma pela suas costas, enfiei a mão em seu cabelo, e o puxei, Seunome arfou e eu sorri.
A puxei para o meu colo e coloquei minhas mãos em sua coxa, e comecei a apertá-las, ela passou a mão em meu cabelo e o puxou fortemente, nós sentei na cama e tirei a blusa dela com cuidado, era a primeira vez dela e eu queria que fosse perfeito. Joguei a blusa dela em algum lugar do quarto, logo em seguida ela tirou minha camisa e a jogou no chão, coloquei minhas mãos em suas costas e comecei a apertá-la junto ao meu corpo, enquanto Seunome dava mordidas em minha orelha e indo para o pescoço.
Quando eu ia tirar a parte de cima da sua lingerie ela recuou.
- O que foi Seunome? -eu perguntei preocupado- Eu ‘tô’ indo rápido demais? Me desculpe!
Ela sorriu e saiu do meu colo.
- Você precisa de uma boa garota para te surpreender!
Eu não entendi o que ela quis dizer, eu meio que deitei na cama e apoiei meus cotovelos na cama. Seunome andou até o som e o ligou, em seguida, ouvi uma musica sensual.
Seunome começou a dançar sensualmente e eu sorri maliciosamente, ela dançava enquanto tirava seu short, ficando apenas com sua lingerie vermelha, eu me amarro em um lingerie vermelha. Ela começou a rebolar enquanto mexia no cabelo, ela levou a mão até a barra da sua calcinha e a puxou um pouco para baixo, quando eu fiz o gesto que iria levantar ela parou e me olhou.
- o que foi?
- Fiquei onde está!
- Eu não ‘tô’ aguentando Seunome, você dançando para mim, com essa lingerie vermelha, eu quero muito você!

Ela sorriu e voltou a dançar, agora de costas para mim, quando ela começou a rebolar novamente eu não aguentei, andei até ela e a agarrei por trás, ela tentou se soltar mais eu apertei meus braços em volta da sua cintura e ela desistiu. Comecei a distribuir mordidas pelo seu pescoço, coloquei minhas mãos em seus seios e os apertei levemente, Seunome se virou e me beijou, em seguida, começou a arranhar as minhas costas.
A joguei na cama, e me coloquei por cima, apoiando minhas mãos na cama, comecei a pressionar meu membro contra a sua intimidade enquanto ela ia arranhando fortemente as minhas costas.
Comecei a distribuir beijos pelo seu pescoço, coloquei uma mão novamente em seu seio e comecei a massageá-lo enquanto Seunome arfava, ela mantinha as mãos em meu cabelo
o puxando, levei minha boca até seu seio e comecei a sugá-lo intensamente, eu já estava em excitado e não aguentava esperar nem mais um segundo, mais era a primeira vez dela e tinha que ser no tempo dela. Mordi o bico do seu peito e era reclamou, comecei a morder abaixo do seu peito, e descendo por sua barriga até a barra de sua calcinha, mordi sua cintura fortemente. Tirei a calcinha dela e a joguei em algum lugar, passei as pontas do meu dedo sobre sua intimidade e olhei para Seunome, ela estava com os olhos fechados, coloquei um dedo dentro da intimidade dela e comecei a movimentá-lo delicadamente, Seunome ainda mantinha os olhos fechados, e apertava o lençol da cama. Tirei meu dedo de dentro dela, e passei minha língua em sua intimidade, eu podia ouvi a Seunome arfar de prazer, continuei ali movimentando minha língua dentro dela por alguns minutos. Logo depois me coloquei de pé, tirei minha calça e minha box preta, Seunome me olhou e suspirou, me coloquei em cima dela.
- Você tem certeza? -sussurrei em seu ouvido-
- Nunca estive tão convicta em minha vida. -ela sussurrou para mim-
Antes que eu pudesse me introduzir dentro dela ela me virou para o lado e desceu um pouco na cama, quando dei por mim ela passava a ponta da língua na cabeça do pênis, logo em seguida ela o colocou na boca e começou a fazer movimentos de vai e vem com a boca, coloquei a mão em seu cabelo o prendendo entre os meus dedos e comecei a incentivá-la a ir mais rápido.
- Is.. Isso -eu disse para ela- Mais rápido meu amor!-ela me obedeceu e aumentou a velocidade dos seus movimentos- Isso querida, não pare, eu estou quase lá, só mais um pouco e eu gozo.
Segundos depois senti meu líquido sair, olhei para Seunome que limpava a boca. A girei na cama e me coloquei em cima dela, passei as mãos em seu cabelo, e depois a desci novamente para sua intimidade.
- Zayn...
- Shiii... -eu disse- Está tudo bem, se eu te machucar, me interrompa, por favor!

Olhei nos lindos olhos castanhos de Seunome e comecei a penetra - lá delicadamente, eu não queria machuca - lá, e tinha que ser o mais delicado possível, Seunome e eu fechamos os olhos no mesmo instantes. Eu queria aproveitar aquele momento o máximo possível, queria sentir todas as sensações do mundo e queria proporcionar a mesma coisa para ela.
Seunome começou a arranhar minhas costas novamente, mas, agora com mais força e pude sentir a mesma arder, em resposta aumentei a velocidade e comecei a penetrá-la com mais intensidade. Nossos corpos suados, colavam um no outro, e eu só pararia quando a fizesse gozar. Nos virei na cama a colocando por cima de mim, ela ficou sentada em meu colo, coloquei minhas duas mãos em sua coxa, e ela começou a rebolar com meu membro ainda dentro dela, ela rebolava de um jeito que me dava mais prazer ainda, em seguida, ela começou a quicar e chamar pelo meu nome.
- Zazz... -ela fechou os olhos- Zayn..
- Me chame de novo! -eu disse de olhos fechados- Me chame!
- Zayn...
Nos virei na cama agora ficando por cima dela, comecei a penetrá-la com a maior força que eu podia, nós gemíamos junto.
- Zayn...
- Seunome...
Enquanto eu a penetrava ela mordia meu pescoço e arranhava as minha costas.
- Eu estou quase lá...
Penetrei ela com mais velocidade, nossos gemidos ia ficando mais altos, naquele momento era só eu e ela, e que foda-se o mundo. Segundos depois atingimos nosso ápice juntos, me joguei para o lado da cama, ambos, suspiraram. Seunome encostou sua cabeça sobre o meu peito, e eu comecei a mexer no cabelo dela.
- Foi...
- Incrível. -ela completou o que eu iria dizer, ela apoiou o braço sobre o meu peito e olhou em meus olhos, nos beijamos intensamente. Eu amo você Seunome.
- Eu amo você Zayn.
Voltamos a nos beijar, ela veio para cima de mim e segundos depois ela parou o beijo, eu a olhei.
- Você poderia, por favor, repetir isso?
Eu comecei a gargalhar e me coloquei por cima dela. Voltamos a fazer amor novamente e eu ficaria ali a minha vida toda, fazendo aquilo, desde que fosse com ela, com a mulher com quem eu iria me casar. O AMOR NUNCA FOI TÃO BOM.



Hey darlin's, espero que tenham gostado, não sou muito boa em escrever essas coisas, mas, faço o máximo que eu posso, então espero que gostem .. E sim, eu coloquei pênis, gente não é nada demais, todo mundo sabe o que é um pênis. Ushsuhsushsuhsush .. O que vocês acharam das músicas novas do minos, eu absolutamente amei, e a voz do Liam está tão GOSTOSA, assim como o DONO, mais ele é MEU só MEU !! Eu ouvi as músicas por que eu sou rebelde, a vocês que vão esperar o lançamento, parabéns, eu não vou .. Então espero que tenham gostado e comentem PLEASE!! Beijos, beijos para vocês meus amores. Mande um beijos para as leitoras James:



2 comentários:

  1. Eu absolutamente amei esse hot, quente, quente, Dani safadinha, kkkkk .. Amei as musicas dos minos, e pode ficar com o Liam, pois prefiro o Niall, ele é mais gostoso, nem o Styles ganha dele ... bjos ..

    Mrs. Horan

    ResponderExcluir
  2. Muito bam a parte do sexo mais essa historia deveria ter um comeso. Seila nao soi bom nisso mais ficou otimo

    ResponderExcluir

Hey! Obrigada por comentar! ♥
— Por favor, se comentar em anônimo deixe seu nome, apelido ou o que preferir no final do comentário como assinatura.
— Não use xingamentos e não desrespeite qualquer membro deste blog, desde leitores á autores.
— Comentários maldosos serão apagados.
— Críticas construtivas são bem aceitas.
— Cada um tem sua opinião, então respeite.
— Não esqueça que seu comentário nos anima a postar cada vez mais.