Image Map

Imagine Niall Horan | First Time (Pedido/Hot)

em 27 de abril de 2015 |


Niall POV
- Zayn eu não quero ir, é tão difícil entender? - eu dizia pela décima vez que eu não iria a balada com ele
- Vamos Niall, temos que arranjar uma gata para você...  Quem em sã consciência ainda é virgem aos vinte um? 
- Eu! Você tem algum problema com isso?  - o encarei
- Tenho! Eu só quero que você experimente a melhor coisa do mundo... A melhor sensação que existe. - sorriu sacana
- Eu posso muito bem esperar a garota certa, quando eu estiver pronto eu experimento. - dei de ombros
- Vamos à balada comigo, conheço uma pessoa perfeita para te apresentar. - e de novo o mesmo sorriso
- Não quero ir!
- Se você não for eu vou fazer vários cartazes escritos "Niall é virgem" e espalho por toda a cidade. - me encarou ameaçador - E você sabe que eu cumpro com a minha palavra.
- Você não seria capaz. - desafiei
- Vai pagar para ver?
Eu sei que ele não esta brincando, Zayn por mais chato e insuportável que seja cumpre sempre com o que fala e não seria bom ser visto como o virgem da cidade, não que eu me importe isso.
- Está bem, você venceu. - joguei os braços para cima e bufei alto
...
Eu odeio lugares lotado, fico sem ar e ver todas essas pessoas dançando quase todas coladas só me faz me arrepender de ter aceitado vir para esse lugar com o Zayn.
Falando nele, ele está a minha frente me guiando provavelmente até a tal pessoa que ele julga ser perfeita para me apresentar. Passamos pelas pessoas até chegarmos à bancada do mini bar que tinha ali, vi uma garota sentada bebendo e Zayn chegou por trás beijando sua nuca.
- Adivinha quem é? - pude escutar ele dizer bem baixo por conta da musica alta
- O cara mais gostoso de toda Bradford?! - disse a desconhecida por mim se virando para encará-lo
- Com toda a certeza... - sorriu - Quero te apresentar um amigo. - me chamou com a mão para que eu me aproximasse - Niall, essa é a (seu nome) minha amiga e (seu nome), esse é Niall meu amigo. - a garota se aproximou me abraçando
- Prazer! - sussurrou em meu ouvido e eu apenas sorri quando ela me largou
- E um detalhe sobre ele... - Zayn chamou a atenção da garota - Ele é virgem! - (seu nome) caiu na gargalhada
- Valeu Zayn por me expor desse jeito. - sorri falso
- Isso é sério mesmo? E ainda existem garotos virgens dessa idade? - disse ainda rindo - Já sei porque você o trouxe até mim. - O que? Como ela sabe se nem mesmo eu sei?
- Você é bem esperta... Então? Você topa? - puxou-a pela cintura
- Você sabe que sim... Ainda mais com você me pedindo. - sorriu para ele... Eu me sentia sobrando no meio dos dois
- Quero que de um trato nele do jeito que só você sabe fazer. - como assim dar um trato em mim?
- Seu desejo é uma ordem senhor Malik. - selou seus lábios com os de Zayn em um selinho bem rápido
(seu nome) veio em minha direção me pegando pela mão e puxando para um lugar que eu nem sei qual é, olhei para trás vendo Zayn acenar com o maldito sorriso sacana no rosto.
A amiga ou sei lá o que do Zayn me levou até uma escadaria que eu ao menos tinha notado e continuou me puxando agora lá para cima. Passamos por algumas portas até que ela abriu uma e me jogou para dentro trancando-a em seguida.
- Eu não sei o que você e Zayn combinaram, mas eu...
E então fui calado com um beijo suave, (seu nome) segurou minha nuca e eu mantive meus braços do lado do meu corpo, o beijo foi ganhando voracidade e a garota começou a me empurrar para trás fazendo com que eu caísse em algo fofo, a cama.  Sem poder fazer nada apenas retribui o beijo, mas então a cena de (seu nome) e Zayn se beijando veio em minha cabeça junto com a pergunta: O que eu estou fazendo?
Segurei (seu nome) pelos braços acabando com o contato das nossas bocas.
- O que você está fazendo? Você acabou de beijar o Zayn lá em baixo, por que está aqui comigo agora? - perguntei ofegante por causa do beijo
- Nós somos apenas amigos.
- Não foi o que pareceu. - escutei ela bufar. A verdade é que eu estou adiando o que possivelmente pode acontecer
- Fica de boquinha fechada ok?! - ela sentou sobre meu quadril com uma perna de cada lado e tirou minha blusa
- Eu não quero fazer isso. - falei nervoso
- Você vai gostar, eu prometo.
(Seu nome) voltou a me beijar, talvez fosse para calar a minha boca, senti ela se movimentar ficando perfeitamente sentada sobre meu membro escondido pela roupa. Em movimentos quase imperceptíveis rebolava me deixando excitado, mais alguns poucos minutos assim eu já estava duro.
(Seu nome) levou sua mão até a minha calça desabotoando-a, saiu do meu colo e puxou a calça tirando em seguida e jogando pelo quarto. Voltou a ficar sobre mim agora beijando meu pescoço, desceu uma de suas mãos até o volume em minha cueca apalpando, o que me resultou em um gemido tímido.
Enquanto chupava meu pescoço (seu nome) deslizou sua mão para dentro da minha cueca, sentir sua mão apertando meu membro fazendo com que eu soltasse um gemido alto e eu pude escutar uma risadinha por parte da garota.
(seu nome) desceu seu corpo beijando a minha barriga até chegar ao cós da minha cueca e logo a tirou, com a cabeça encostada no travesseiro senti sua mão em volta do meu pênis e logo depois sua língua passar sobre a minha glande.
Sua mão que fazia o movimento de descer e subir foi substituída pela sua boca. O meu gemido foi inevitável, levei minha mão a sua cabeça puxando levemente seus cabelos e a ajudei no movimento empurrando-a contra meu membro. Sua língua passou por toda extensão do meu pênis, enquanto sua mão massageava meus testículos.
Alguns minutos a mais e eu já estava me desfazendo em sua boca apertada, (seu nome) engoliu todo o meu gozo enquanto eu ainda gemia com a cabeça jogada para trás no travesseiro, a vi subir até mim e me beijar fazendo com que eu experimentasse o meu próprio gosto.
(Seu nome) desceu o zíper de seu vestido e eu apenas observava seus movimentos, me surpreendi vendo-a sem sutiã e calcinha. Com um sorriso malicioso (seu nome) se esticou até a mesinha com uma gaveta ao lado da cama tirando de lá uma camisinha, abriu a embalagem e a vestiu em meu pênis.
- Está pronto Niall?
E sem ao menos me deixar responder senti sua mão segurando meu membro e o encaixando em sua entrada, um gemido quase que automático saiu de minha boca assim que (seu nome) sentou-se de vez e sem aviso prévio. Começando os movimentos de cavalgada, (seu nome) mantinha sua boca colada a minha para manter os gemidos abafados que mesmo assim podiam ser ouvidos.
Acho que já está na hora de mostrar o que eu posso fazer, segurei na cintura de (seu nome) e nos virei na cama ficando agora por cima, comecei as estocadas rápidas e levei meus lábios até o pescoço dela chupando para deixar marcas e mostrar que eu estive ali e marquei meu território, (seu nome) passou suas pernas por minha cintura arranhando as minhas costas e gemendo meu nome a cada instante.
Ficamos assim até gozarmos quase simultaneamente, cai sobre ela e logo tratei de jogar meu corpo para o lado. Ofegantes ficamos ali olhando para o teto por alguns minutos normalizando a respiração.
- Eai?! Me diz como foi?
- Foi ótimo! - virei para encará-la e ela me olhava
- Você foi muito bom para sua primeira vez, mas devo admitir que achei que você correria de mim no começo. - ouvi sua risada e não pude deixar de ri junto
- Eu estava nervoso... - expliquei - Mas depois me senti mais confiante.
- Que tal irmos e esfregarmos na cara do Malik que você não é mais virgem? - riu se sentando
- Eu não vejo a hora.
Nos vestimos e saímos do quarto, descemos as escadas e avistamos Zayn sentado no bar com um copo de bebida na mão, ele nos olhou e sorriu com o sorriso típico dele.
- Vocês voltaram! - disse animado - E a coisa pelo visto foi muito boa. - riu alternando seu olhar do meu pescoço para o de (seu nome) - Me diz como ele se saiu (seu apelido).
- Melhor do que você Malik. - riu e fez um sinal para o barman trazer uma bebida
- Impossível... Eu sou o melhor. - se gabou - Como se sentiu Niall? Pode acreditar eu sei muito bem o que essa garota pode fazer apenas com essa boquinha. - passou os dedos sobre os lábios de (seu nome)
- Melhor impossível! - a olhei e ela também me olhava - Agora quero ir para casa, tenho que tomar um banho e descansar.
- Vamos então meu garoto não mais virgem. - se virou para (seu nome) beijando sua testa - Até mais (seu apelido).
- Até Malik. - sorriu
- Estou te esperando lá fora, vê se não demora. - sussurrou em meu ouvido saindo em seguida
- O que acha de sairmos qualquer dia desses? - perguntei me aproximando
- Ótima ideia... Você sabe como me encontrar.
- Então eu vou indo. - fiz menção de me virar e ela negou com a cabeça
- Ei! - olhei-a com atenção e ela apontou o dedo para os lábios que formavam um bico
Sorri e fui ao seu encontro beijando-a, ela pediu passagem e eu cedi. O beijo foi calmo e demorado, quando estávamos sem ar cortamos o beijo e ela me olhou assentindo me permitindo ir embora.
Me virei andando até a saída mantendo em minha cabeça o pensamento de encontrá-la novamente e com toda certeza não vai demorar.

Pedido de Iago, meu best friend

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hey! Obrigada por comentar! ♥
— Por favor, se comentar em anônimo deixe seu nome, apelido ou o que preferir no final do comentário como assinatura.
— Não use xingamentos e não desrespeite qualquer membro deste blog, desde leitores á autores.
— Comentários maldosos serão apagados.
— Críticas construtivas são bem aceitas.
— Cada um tem sua opinião, então respeite.
— Não esqueça que seu comentário nos anima a postar cada vez mais.